Internet serve mais ao PT que ao PSDB, diz publicitário tucano

Cotado como principal estrategista tucano de campanha para 2010, caso o candidato seja mesmo José Serra, o publicitário Luiz González diz em larga entrevista ao Valor Econômico, nesta terça-feira, que a internet deve ser a mídia mais comentada na eleição do ano que vem. E que não será a mais importante – ela viria atrás do horário gratuito na televisão, da free media (presença dos candidatos na TV, rádio, jornais e revistas) e do horário gratuito no rádio.

Perguntado se a internet beneficiaria esta ou aquela candidatura, González disse que ela servirá mais ao PT do que ao PSDB. “Como o PT tem mais dificuldade no Sul e Sudeste, onde a internet tem mais penetração, ela vale mais”, afirma o publicitário. Como o PSDB tem dificuldade nos grotões, raciocina, o que o partido precisa “é de carro de som nas pequenas cidades”.

González diz também (em texto descolado da edição da entrevista) que a grande novidade das eleições de 2010 pode ser a arrecadação de recursos para a campanha pela internet. Mas ele considera que não se sabe como isso será feito, após a aprovação da reforma eleitoral pelo Congresso:

Depende da instrução a ser baixada pelo TSE. Como é o formulário eletrônico e quais as outras condições? Pode doar por cartão de crédito? Pode doar por internet banking? Pode doar por SMS? Não se sabe.

Outra questão que González coloca é a fiscalização das doações e dos doadores. Ele também não sabe como ela será, do ponto de vista da licitude e da veracidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: