“Criar um foco e descobrir a paixão”, ensina o estrategista de Obama

Ben Self insiste na importância do foco. Seja qual for o objetivo da campanha política, para uma pequena comunidade ou todo um país, o estrategista da campanha de Barack Obama considera fundamental a definição do objetivo: plantar 1 milhão de árvores em Nova York, desconstruir a mensagem dos ultranacionalistas britânicos, eleger um candidato, não importa. “Cria-se um ponto focal. Mas como levar entusiasmo a isso?”

Para o especialista, que abriu em São Paulo o 1º Seminário de Estratégia de Comunicação e Marketing, contar histórias é um recurso central para a afirmação desse conteúdo – na forma de paixão. Ele exibiu um vídeo sobre Charles, um voluntário de Colorado. Dias antes de se tornar voluntário ele tinha perdido a esposa. Simpático, autêntico, atendia as pessoas num dos postos de campanha. Acabou ganhando um sorteio para se encontrar com Obama.

O vídeo de Charles enfatiza essa relação emocional com a candidatura. “É uma pessoa que me faz levantar todas as manhãs”, diz ele sobre Obama. “Vejo todos esses jovens trabalhando na campanha, fazendo algo para seus filhos e netos, e penso que em quatro anos eu não esteja mais por aqui”. Self diz que é esse tipo de coisa que faz as pessoas se motivarem. Confira

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: