Posts Tagged ‘micro-target’

Micro-targeting and internet tested mail, apresentação de Peter Giangreco

19/10/2009

Formado em Ciência Política pela Universidade de Michigan e professor convidado das universidades de Chicago, Loyola e Harvard, Peter Giangreco é um dos maiores especialistas em mala direta dos Estados Unidos e foi o responsável pela estratégia de marketing direto e microtargeting da campanha presidencial de Barack Obama. Giangreco é socio do escritório The Strategy Group e possui mais de 20 anos de experiência atuando nas campanhas de Bill Clinton e Al Gore, além de ter assessorado o senador e ex-pré-candidato democrata John Edwards.

Saiba como foi a participação de Giangreco durante o 1º Seminário de Estratégia de Comunicação e Marketing da George Washington University:

MICRO-TARGETING
AND INTERNET TESTED MAIL
Anúncios

“Brasileiros devem investir no porta em porta”, diz estrategista

17/10/2009

Em vez de esperar pelo período de 45 dias de campanha televisiva antes das eleições, os brasileiros precisam investir na estratégia do “porta em porta”. Reunir pessoas que possam ajudar a montar a lista de preferências dos eleitores. Primeiro deve resolver o problema da ausência de um banco de dados sobre o eleitorado – quanto mais robusto ele for, maiores as possibilidades de eficácia. Se partidos investirem tempo e dinheiro nisso, vão ganhar.

Essas são algumas das considerações de Peter Giangreco sobre a eleição em 2010 no Brasil. “Sem os dados dos eleitores, fazer o microtargeting será muito difícil. Vocês devem construir a base de dados. De 0 a 100, classificar quem pode ser persuadido ou não, em cada região”, afirmou, durante o 1º Seminário de Estratégia de Comunicação e Marketing, em São Paulo, sobre o “efeito Obama”.

Ele avisa que isso leva tempo. Para chegar ao nível de detalhamento do eleitorado que garantiu a vitória do democrata, o partido gastou entre US$ 2 milhões e US$ 3 milhões. “Tinha equipe trabalhando só com a definição dos alvos”, conta. Fora os US$ 20 milhões em mala direta – isso só na eleição presidencial. “Mas foi um investimento com retorno”.